“E quem mais considerar válido e cabível participar e se envolver nesse debate”, ressaltou Léo.

Léo Moraes destaca Comissão Mista para debater situação da BR 364

O deputado Léo Moraes (PTB), durante sessão desta terça-feira (18), na Assembleia Legislativa, destacou a formação de uma Comissão Mista que irá apurar a realidade da BR 364. Segundo o parlamentar, a comissão envolverá tanto autoridades políticas de Rondônia como de Estados como Acre, Mato Grosso, Amazonas e Câmaras Municipais do eixo da BR.
 
“E quem mais considerar válido e cabível participar e se envolver nesse debate”, ressaltou Léo.
 
De acordo com o deputado, não é mais possível aceitar rodovias mal construídas, esburacadas, que não suportam as chuvas, que são causadoras de inúmeros e traumáticos acidentes, muitos com vítimas fatais e que, segundo Léo Moraes, atrapalha e até impede o desenvolvimento de Rondônia.
 
“Traz até prejuízo para a saúde pública do nosso Estado, uma vez que muitas aumentam a demanda de atendimentos de alta complexidade em razão da gravidade de muitos acidentes ao longo da BR”, ressaltou o parlamentar.
 
Léo Moraes informou que a superintendência do Dnit, assim como representantes da bancada federal rondoniense, ministério dos Transportes já foram convidados a participarem das discussões de cunho resolutivo e definitivo.
 
Precisamos somar forças. O objetivo dessa comissão não é ocultar, sabotar ou diminuir o esforço de quem quer que esteja envolvido com o caos, que se tornou o assunto BR 364. “Queremos receber aqui na Casa do Povo pessoas comprometidas a encontrar uma solução. Ninguém vai ser pai, padrinho ou padrasto do que for decidido, mas sim, haverá um esforço coletivo para salvar a BR 364 daqui para frente”, declarou Léo Moraes.
 
Segundo o deputado, para um debate profundo também é necessário o envolvimento da sociedade, dos usuários da BR 364, a fim de chegar a encaminhamentos, deliberações para atender o que se quer, e evitar ações paliativas e mais obras descabidas.
 
“É por isso que venho tornar pública essa questão da necessidade de toda uma união de forças e poderes para essa empreitada. Contamos com a participação de todos”, concluiu Léo Moraes.
 
 
 
 
 
 

Fonte: Geovani Berno

Comentários: