Os parlamentares querem aprofundar o assunto quanto às recuperações feitas pelo DNIT.

Comissão de Transportes debate recuperação na BR 364

Porto Velho, RO - A Comissão de Transporte e Obras Públicas discutiu, nesta terça-feira (25), a questão da precariedade na BR 364, que tem um alto índice de acidentes e prejuízos materiais por conta de buracos e falta de acostamento nas estradas.

Segundo o parlamentar Airton Gurgacz (PDT), é preciso discutir quanto a uma duplicação ou uma terceira pista na BR. “Hoje a 364 é considerada a rodovia da morte pela falta de cuidados. Precisamos falar sobre essa questão e pressionar o Governo para que sejam feitas manutenções frequentes, pois as que o Dnit está fazendo não adianta de nada”, afirmou o deputado.

Segundo Dr. Neidson (PMN), o diretor geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) visitou nas semanas anteriores trechos como o de Guajará- Mirim, onde houveram muitas recuperações, mas ainda há reparações a serem feitas. “Hoje é feito um trabalho muito ruim e sem qualquer tipo de fiscalização. Assim que a chuva cai os buracos já voltam. Só se gasta o dinheiro público e não se vê qualquer tipo de melhora”, argumentou.

Gurgacz convidou os interessados a participarem da Audiência Pública que haverá na Câmara Municipal de Porto Velho na sexta-feira (28), às 13hs, onde haverá discussões quanto ao assunto em questão.

Fonte: VOZ DE RONDÔNIA

Comentários: